O futuro nas mãos de Deus

No dia 23 de Abril de 1975, o Papa Paulo VI nomeou Van Thuân Arcebispo coadjutor de Saigão.

"Quando o Vietname do Sul jazia já em ruínas, Thuân recebeu a notícia de que fora nomeado Arcebispo-coadjutor de Saigão, rebatizada de Ho Chi Minh. Thuân continuava a ser bom soldado de infantaria; iria para onde o mandassem. Sem se deter longamente a pensar no que poderia acontecer-lhe pessoalmente. Thuân fez a sua malinha e partiu para a sua nova missão a 8 de Maio de 1975. Enquanto se aproximava de Saigão, reparou nos vestígios de combates recentes (...). Sentindo-se esmagado por tanta miséria, Thuân desviou o olhar para o oceano, cuja beleza não se desvanecera. A guerra deixara marcas profundas no território do Vietname, mas o mar símbolo da alma do povo - permanecia intacto. Thuân suspirou e rezou pelo seu país, enquanto ia repetindo mentalmente: o meu país é belo sempre.(...) Ocorreu a Thuân que as coisas boas da sua vida tinham sido sempre seguidas de outras coisas, aparentemente más. Sorriu, decidido a não se afligir. Deixaria o seu futuro nas mãos de Deus"

in André Van Chau, O milagre da Esperança, Ed. Paulinas

Também cada um de nós ama profundamente a sua pátria, seja ela qual for. Mesmo querendo ter o olhar na pátria eterna que é o céu, com o Venerável Van Thuân queremos aprender o milagre da confiança, que gera o milagre da esperança. Também nós, nestes tempos difíceis, deixamos o nosso futuro nas mãos de Deus.

Pode comunicar-nos as graças alcançadas aqui ou através do e-mail causa.cardinalvanthuan@humandevelopment.va.